Voltar

Laser Fracionado

Os lasers fracionados agem através de raios que atingem a pele em microfeixes de luz, de modo que apenas frações de pele são diretamente atingidas. A energia do laser propaga-se lateralmente e leva ao aquecimento das camadas mais profundas de pele, estimulando a produção e remodelação de colágeno. O fracionamento dos raios permite maior segurança e menor tempo de recuperação da pele após o procedimento.
Os equipamentos de laser fracionados se dividem em ablativos e não ablativos. Os ablativos atingem tanto a camada mais superficial da pele (epiderme) quanto a segunda camada (derme). Já os não ablativos têm a energia dirigida para a derme, poupando a epiderme. Quando são usados os laser ablativos, o tempo de recuperação é maior, porém os resultados para tratamento dos sinais de envelhecimento são melhores. Os lasers não ablativos têm a vantagem de não necessitarem do afastamento do paciente de suas atividades diárias.
O laser de CO2 fracionado é indicado para peeling superficial e profundo, rejuvenescimento intensivo do rosto, pescoço, colo, braços e mãos, tratamento da área dos olhos e boca (código de barra), fechamento de poros, tratamento de siringomas, xantelasma, hiperplasia sebácea, ceratoses seborreica, estrias recentes e antigas, cicatrizes de acne, cirúrgicas e acidentais. Os lasers fracionados ablativos atuam no rejuvenescimento de face, pescoço, colo, braços e mãos, tratam a área dos olhos e da boca, fecham poros, melhoram estrias e cicatrizes em geral. O laser de diodo, não ablativo, é indicado para cicatrizes de acne, estrias e rejuvenescimento, enquanto o fracionado não ablativo rejuvenesce face, pescoço e colo, trata espinhas, cicatrizes em geral e melasma.
Após um exame cuidadoso, o dermatologista irá indicar a tecnologia mais adequada para a recuperação da pele do paciente.